quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Monólogo de mim X


Olho-me no espelho, estou nu (literal e figurativamente falando). Até que ponto reconheço a imagem que vejo? Até que ponto o que vejo sou eu? Até que ponto quero ver o que sou? Ou serei o que vejo?
Olho-me no espelho… e apenas vejo uma imagem de mim. Vejo-me mas não me reconheço logo. Esta roupa não é o meu estilo… mas qual é o meu estilo?
Olho-me no espelho…
Olho-me no espelho… e saio para o mundo.

…saio para o mundo mas continuo no meu… pequeno… controlado… rotineiro… porque sim… porque eu quero assim… ou será preguiça, ou medo de algo diferente? … Preguiça de mudar… medo de quê?
Olho em volta… o mundo de possibilidades… e sigo em frente… onde irei dar?

FATifer

Sem comentários:

Publicar um comentário

Este local serve para largar comentários, daqueles, dos inteligentes e com sentido...todos os outros, que consideremos que não cumprem esses critérios, serão eliminados prontamente. Mais...anónimos amigos por favor identifiquem-se, já basta não conhecermos a cara...pelo menos o nome/nick.
Desde já o nosso agradecimento, voltem sempre!

Ah! E a pedido da nossa estimada leitora Van, passamos a avisar que a leitura deste blogue engorda!