domingo, 17 de maio de 2009

Ser atua

.
Há quem me diga que acha que eu sou "um bocado atua".
Não acho nada. Pelo contrário, acho até que tenho um sentido de justiça, honestidade, partilha e generosidade muito de acordo com o espírito cristão.
.
Depois do apelo do padre à boa-vontade na hora da dádiva à padroeira:
.
Amiga da atua:
- Quanto achas que dê à Santa?
Um bocado atua:
- Acho que várias notas!
Amiga da atua:
- Várias notas?!
Um bocado atua:
- Sim! Vais lá e atiras-lhe várias notas. As que ela agarrar ficam para ela e as que não agarrar é porque não as quer e ficam para mim. Sim, que Deus me livre de querer algo que não seja meu!
.
:)

20 comentários:

  1. Com que então “atua”… pois eu costumo dizer que sou mais para o “ameu” :P

    (sim é domingo, não vou sequer pensar em relançar o debate se será ateu ou agnóstico…)

    Agora essa de “dar à santa”, é que nem sei o que dizer… felizmente não tenho amigos a fazerem-me perguntas dessas pois não sei se a resposta seria tão diplomática (mas isso sou eu que sou “ameu”).

    ;)

    Beijinhos,
    FATifer

    ResponderEliminar
  2. Notas??????????? Apre!
    Diz-lhe que tens uma amiga que anda a praticar para santa (eu) e que precisa de incentivos. (monetários) ... e eu a pensar que a atua era a mulher do atum!
    ehhehe
    beijinho

    ResponderEliminar
  3. Lá dizia a minha avó que «graças a deus muitas, graças com Deus nenhumas...» Mas pela percentagem certa, estarei disponível para abdicar da invocação da Santa Inquisição...

    A paz esteja consigo

    Herculano da Conceição Vitorioso

    ResponderEliminar
  4. "Atua", ateia, católica, evangélica, ou outra religião, não tem nada a ver com o espírito cristão em si.

    Já esse conselho à amiga sobre a dádiva, pois, quem sabe ela não entende que pensar pela própria cabecinha também é bom? :)

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  5. Tinha um amigo que na missa, sempre que era hora da dádiva à igreja, aquela em que as beatas (fumam pra carai) vão pedir o guito...o pai dava-lhe moedas e ele dizia:
    "Uma para Deus e o resto para mim!".
    E lá ia ficando com a maior parte :)...quem parte e reparte e não fica com a melhor parte, ou é burro ou não sabe da arte. :)

    Atua...agora fiquei com vontade de comer atum :)...andas na faina??? Ehhehehehehe

    Abreijinhos e boa semaninha Atua

    ResponderEliminar
  6. FATifer,

    Eu sou mais mesmo é "venha a mim o que a Santa não quiser agarrar" Lol

    Beijos :)

    ResponderEliminar
  7. Who,

    Eu nem preciso de praticar para Santa... só me falta mesmo é a vocação (e algum espírito masoquista, vá) lol.

    A mulher do atum é a atuna. Aprende que eu não duro sempre ;)

    ResponderEliminar
  8. Herculano,

    A minha avó dizia que Deus escreve certo por linhas tortas, portanto, se aquela-santa-senhora-do-método-contraceptivo-errado não agarra as notas, por algum motivo será :)

    E não, a Inquisição não é precisa. Eu mesma apanho as notas.

    ;)

    ResponderEliminar
  9. Teté,

    Tens razão. Até porque não é a prática, inexistência ou nomenclatura de uma qualquer fé ou religião que fazem algum ser humano melhor, mas sim o seu comportamento e respeito para com os demais.

    Beijos :)

    ResponderEliminar
  10. Afrodite,

    Eu acho que o teu amigo é que tinha razão. Até porque daria muito mais valor aos rebuçados que comprava do que o Santo daria... eheheh.

    Nem imaginas a faina em que tenho andado nestes últimos dias... nem tempo para dormir eu tenho tido :(

    (Hoje nem apareceste...)

    Beijo e boa semana para ti também :)

    ResponderEliminar
  11. Beijinhos ao menino e meninas cá do tasco ;)

    ResponderEliminar
  12. Vita,

    Beijo enorme para ti!
    (O tasco sente a tua falta)

    :)

    ResponderEliminar
  13. lista de coisas para fazer:

    1º construir santa mecânica que identifique e apanhe notas arremessadas contra ela.

    2º descobrir onde a pax vai à missa.


    espero que pelo menos os ganhos cubram o investimento.

    ResponderEliminar
  14. A,

    A tua ideia é excelente!

    Eu ofereço-me para tua sócia. Sim, que comigo como arremessadora bem que morrias à fome! Tenho é uma lista enormeeee de pessoas com quem nos tornariamos ricos!

    ;)

    ResponderEliminar
  15. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  16. Vita,

    Agradeço e devolvo o beijinho.
    (concordo com a Pax, temos sentido a tua falta…)

    FATifer

    ResponderEliminar
  17. Demasiado arriscado, ainda vem uma ventania e notas nem vê-las! É preferivel atirar moedas ao ar. As que a santa agarrar, são delas, as outras, minhas!

    ResponderEliminar
  18. Rafeiro,

    Lamento muito mas cheguei cá primeiro!
    Tira um ticket ou vai para a fila!
    A patente já foi registada!

    ;)

    ResponderEliminar
  19. Já eu não sou nem "atua" nem "aminha" nem nada, Cada um no seu galho, a mim o que é meu a Deus o que é de Deus, se ele quiser que faça como eu, quero, trabalho.
    Mas continuo a achar que um grande negócio, além de uma casa de putas é uma igreja das novas, com muita musica e pedidos de dízima, mas sempre sem fins lucrativos e de preferência com estatuto de entidade de utilidade publica

    ResponderEliminar
  20. Gata,

    Olha outra ideia:
    Uma santa mecânica e com uns sensores para o tostanito que agarre apenas as notas grandes (para motivar os fieis a tornarem-se ainda mais generosamente fieis) e gritar "milagre" em cada vez que a santa apanhar as notas, que tal? É capaz de ser quase tão lucrativo quanto essas novas igrejas!

    Pronto, foi desta que eu me atua-lizei mesmo!

    :)

    ResponderEliminar

Este local serve para largar comentários, daqueles, dos inteligentes e com sentido...todos os outros, que consideremos que não cumprem esses critérios, serão eliminados prontamente. Mais...anónimos amigos por favor identifiquem-se, já basta não conhecermos a cara...pelo menos o nome/nick.
Desde já o nosso agradecimento, voltem sempre!

Ah! E a pedido da nossa estimada leitora Van, passamos a avisar que a leitura deste blogue engorda!