sexta-feira, 22 de maio de 2009

Um casamento baseado em sexo!

.
Fui convidada para madrinha de casamento!
Pois é!
A "A...e" e o "A...l" vão casar!
A noiva, uma grande amiga minha, assume sem o mínimo problema que vai ser uma relação baseada em sexo!
.
Conheceram-se há apenas seis meses, numa tarde de Novembro, apresentados por mim, enamoraram-se à primeira vista e foram para a cama ainda naquela semana!
Ele era virgem (completamente e de certezinha absoluta) e ela quase! (Falhou por poucos meses e já pertence ao Sagitário).
.
Arroxem-se de inveja os que não conseguiram leva-la ao altar, mas nem todos terão a arte que terá feito a diferença! Sexo puro e sempre duro!
.
Afinal a Alma Gémea pode estar ao virar da esquina ou mesmo, quem sabe, dentro da loja da esquina!
.
Amiga, lá estarei de lágrima no canto do olho, ao lado do teu padrinho à espanhola* e dos outros grandes amigos, convicta de que vais provar que o sucesso de um casamento é basea-lo só e apenas em sexo!


* Em espanhol, "pilha" escreve-se "pila"... são muito lógicos estes nuestros hermanos... como eles sabem associar tão bem estas coisas...!
.
O inicio do namoro vejam ali:
http://aorgiadepalavras.blogspot.com/2008/12/prenda-de-anus-da-afrodite.html

.

Felicidades!
;)

37 comentários:

  1. Já tenho uma T-shirt que diz: EU VOU !
    Quanto a ti, ainda ontem disse a essa amiga que tu mereces "dar uma volta" com o noivo, passaste um bocado para o encontrar...
    :)

    ResponderEliminar
  2. Paulo,

    É "NÓS VAMOS!"

    Tu desculpa lá mas nessas coisas sou muito antiquada!
    Eu também quero um noivo virgem e só para mim!
    Cá pilas em segunda mão e, ainda por cima, que conhece a snaita de uma amiga, não quero!

    ;)

    ResponderEliminar
  3. Opá...agora fizeste-me quase chorar!
    É que me lembrei do dia que eu também me apaixonei por aquele gajo naquela tarde depois de almoçar.
    Curiosamente, tu também estavas presente, Pax...tu nos apresentaste e me fizeste sorrir para ele a pesar das minhas dúvidas.

    Eu não vou casar com ele, sabes o que penso de casamentos, mas juro pela minha saúde que ainda lhe vou dar umas valentes quecas!!!

    Vou já comprar um vestido por se a A...e me convida ao casamento!!

    ResponderEliminar
  4. eu não estaria tão convicto da virgindade do noivo. sabes que há sempre um departamento de qualidade encarregue dos testes.

    ResponderEliminar
  5. Oh...lá vem o A com as suas teorias!

    O meu era virgem!

    Espera...tendo em conta que "entrou na minha vida" em, para ai...fevereiro...isso faz dele um peixes.

    Nunca andei com um peixes!

    Boa!

    ResponderEliminar
  6. Cris,

    Ahahahah
    É verdade!
    Eu tenho estado nesses vossos momentos de enamoramento todos!
    Sou mesmo vossa amiga! Apresento-vos sempre os melhores... noivos do... mercado! ;)
    (Vou ter é de começar a pedir comissão).

    Vais ao casamento de certeza!
    E se conseguires apanhar o molho das silvas, serás a próxima!

    :)

    ResponderEliminar
  7. A,

    Tendo e consideração a qualidade do noivo, o teste foi feito numa snaita de plástico. No meu caso, acho que consigo aguentar a concorrência, ciumes, sentimento de posse e exclusividade até esse ponto. Mais que isso é que não!

    ;)

    ResponderEliminar
  8. Cris,

    Pois era!
    Virgenzissimo!
    Ainda vinha com o himen por fora e tudo!
    Eheheheh

    Eu também nunca andei com um peixe mas agora compreendo porque havia alguém que tinha medo de o perder lá no acto... não fosse ele dar à barbatana e não querer sair!
    Loooool

    ResponderEliminar
  9. "teste foi feito numa snaita de plástico"

    pois sim! é isso e a notícia que deu no noticiário do almoço, do clube das virgens, dos 25 aos 32

    ResponderEliminar
  10. Hoje devo estar um bocadinho lerda, que li tudo e pensei: bem, cada um sabe de si!

    Mas depois ao ver o titulo do link, AAAAAHH!!! OK! :)))

    Então felicidades aos noivos e também à comovida madrinha! :D

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  11. Who,

    Não vi o noticiário mas até acredito que hajam virgens nessas idades. Depende sempre do local onde!

    ;)

    ResponderEliminar
  12. Teté,

    Ahahahah, era mesmo para enganar os mais desprevenidos!

    Acho que a noiva está mais cu-movida nos preparativos do casório que propriamente eu! ;)

    Beijos :)

    ResponderEliminar
  13. Bem, eu e o Asdrubal só podemos ser felizes :). Pelo menos tem as qualidades todas que se procura num macho...e neste momento está calado e sossegado no fundo do armário e nem reclama...sei sempre que não mija fora do penico, primeiro porque não mija mesmo, segundo porque não tem hipotese de o fazer, sem perninhas e sem bracinhos :)! O macho perfeito o meu Asdrubal AHAHAHAHHA.

    Uiii lá vai isto para o Por Tudo e Por nada do doente Bruno...aiii que se tem que ter cuidado com o que se escreve que o homem grava tudo e tau...usa. :)

    Abreijinhos madrinha linda e obrigada por me teres apresentado El Roxito!

    ResponderEliminar
  14. LOOOOOOOOOOOl, oh Pax, tu já viste que és tu que andas a apresentar estes gajos às amigas todas?!?!? Tu por acaso tens comissão??? Ok, ok...fui!

    Beijos

    ResponderEliminar
  15. Desde que também recebi o convite que estou a tentar perceber a coisa… pensei que este relacionamento não passasse de algo esporádico… por mais que o Asdrubal possa ser “o macho perfeito”, nunca pensei que fosse acabar em casamento (pensei que a deusa Afrodite procurava um Homem!). Em todo o caso tens o mérito de os ter apresentado, é verdade, o que torna o convite para madrinha mais que merecido. :)

    Beijinhos,
    FATifer

    ResponderEliminar
  16. E eu vou ser padrinho, mas não um padrinho qualquer, vou ser padrinho à espanhola que é muito mais responsabilidade :)

    ResponderEliminar
  17. Afrodite,

    Minha linda afilhada, ao teu noivo, para ser perfeito, só lhe falta mesmo o resto do corpo!
    Sim, que macho que é Macho também muda pneus! E é um dos poucos detalhes que, realmemte, ainda te podem fazer pensar duas vezes antes do "sim"... ;)

    O quê?! O Por-Tudo-e-Basicamente-Por-Nada ainda existe?! Pensei que o mocinho já se tivesse fartado do parque infantil; mas deixa lá que não deve estar muito interessado nos detalhes do casamento :)

    Beijo!

    ResponderEliminar
  18. Patrícia,

    Mas tu já viste a minha vida?!
    Sou eu que tenho de arranjar as soluções alternativas para as... lacunas "delas" todas?!

    Deveria ter comissão sim! Aliás, acho que vou é abrir um negócio!

    Eheheh, até sei de uma que queria amarrar o dito cujo com um cordel ao pulso não fosse ele perder-se lá na... pois.

    :) :) :)

    ResponderEliminar
  19. FATifer,

    Farta de relacionamentos "esporádicos" anda ela!
    Esta é a relação mais séria e duradoura dos ultimos tempos e o que melhor a tem tratado, por isso, nada mais natural que o casório ;)

    Lembras-te do dia em que to apresentou também, como sendo dado por mim, e com grande alarido? Aquele dia em que eu fui escorregando pela cadeira até a toalha da mesa me tapar, lembras-te? Deves lembrar. Tu e as outras 40 pessoas presentes, ahahahahah.

    ;)

    ResponderEliminar
  20. Bruno,

    Tu talvez consigas dar conta do recado na espanholice. O problema é que sendo tu o padrinho e eu a madrinha, vamos ter de ficar próximos na igreja... e isso? Aguentas?

    ;)

    ResponderEliminar
  21. Nem sei que diga!
    Acho só que desde que se entendam, têm tudo para serem felizes e é o que desejo.

    Quanto aos espanhóis, enfim...
    Para dizerem lavar a loiça,. dizem esfregar la pilla, sabias desta? lol

    ResponderEliminar
  22. Pax, a minha responsabilidade como padrinho à Espanhola é dar toda a atenção à noiva e cumprir com o ritual na integra. Claro que devido à tua proximidade poderá assistir à espanholada mas não garanto que possas assistir a tudo.
    No entanto se a humidade ameaçar inundar o zona, pondo em risco a vida dos convidados, poderei ser obrigado a fazer o meu papel de padrinho à espanhola, logo ali na igreja.

    Quanto ao lavar a louca em Espanhol... "esfregar a a pilla" nao fará parte das minha funcoes naquele dia :D

    ResponderEliminar
  23. Alfabeta,

    O noivo, para perfeito, só lhe falta mesmo conseguir ajudar a esfregar la pilla sempre que se amontoe no lava-louças!
    Eheheh, pois não sabia disso. Cá pra mim eles aprenderam a esfregar a pilla bem antes de nós!

    ;)

    ResponderEliminar
  24. Bruno,

    "(...) é dar toda a atenção à noiva e cumprir com o ritual na integra. (...) se a humidade ameaçar inundar o zona, pondo em risco a vida dos convidados (...)"

    Tu não me digas que sabes fazer a dança da chuva?!?!

    Olha que se há ritual a que eu dispense assistir é a uma espanholada que não seja protagonizada por mim!

    Mas vou pedir à Afrodite que escolha uma igreja bem longe, não vás tu cumprir a ameaça e eu nunca mais poder assistir às missas nas da minha zona!

    "esfregar a a pilla" nao fará parte das minha funcoes naquele dia"

    Esfregares a pilla naquele dia seria a tua função da década, quanto mais a do dia! :)

    ResponderEliminar
  25. Mas não são todos assim?!? Porra, por isso é que a minha jove de vez em quando vem com cenas como "podíamos conversar de vez em quando"...

    ResponderEliminar
  26. Rafeiro,

    Um casamento em que se "converse de vez em quando" já entrou em desuso.
    Ãgora há que basea-lo só e apenas em sexo. Simples e eficaz! Aprende!

    ;)

    ResponderEliminar
  27. Olá!!! Qual a origem do teu “nick” e os mistérios que estão por trás dele??? Diz-nos tudo em http://sexohumorprazer.blogspot.com/ , por curiosidade ou simples “cusquice” gostaríamos de sabe-lo!!! Agradecido antecipadamente pela colaboração, HCL

    ResponderEliminar
  28. Só vim dar parte da minha ignorância.
    Nunca na minha vida ouvi um espanhol sequer usar a expressão "esfegar a pilla" (?) como substituta de lavar a loiça.

    Aliás, nem como substituta de outra qualquer.
    Talvez, não sei, porque "pilla" com esse significado não existe?

    Digo eu...
    Mas posso ter percebido mal, ou faltar às aulas de espanhol do curso de 33 anos de duração!

    ResponderEliminar
  29. Cara deusa Pax,

    Como poderia esquecer esse dia? Entre tu a desapareceres por baixo da toalha e as explicações que se arranjaram sobre o Asdrúbal para seres de mais tenra idade (digamos assim) foi uma parte da noite deveras memorável! ;)

    Beijinhos,
    FATifer

    ResponderEliminar
  30. HCL,

    Não sei se acharás a explicação lá muito interessante... mas lá irei!

    :)

    ResponderEliminar
  31. Cris,

    Eu também nunca ouvi dizer isso mas também não posso já ter ouvido tudo, né?
    ;)
    Se tu não ouviste, das duas uma: ou não é exactamente assim, ou não há lá pillas na tua terra... hum... prefiro acreditar na primeira, lol.

    :)

    ResponderEliminar
  32. FATifer,

    Aquela do "objecto para massajar o sovaco" foi linda! Ahahahahah

    :)

    ResponderEliminar
  33. Há pilas(zenks god)
    Com um L apenas.
    Pillas é do verbo pillar (colher, apanhar, topar algo)

    A não ser que tenha havido ali alguma viagem na maionese como o tal acordo ortográfico!

    ResponderEliminar
  34. Cris,

    Números redondos, deve havar algo como que 22 000 000 de pil(l)as...

    Pois é! Utilidade pública! Obrigada!

    :)

    ResponderEliminar
  35. Péra aí, que eu já me perdi. Olha lá, e o meu convite??????????????????? não tenho convite pukê????????????? vou chorar!!!!!!!!! buaaaaaaaaaa!

    ResponderEliminar
  36. Vani,

    Ó moça, tu nem podes ser convidada para a igreja! Tu és a chefa da cozinha que sem o teu arrozinho nem há casório! Loooool

    :)

    ResponderEliminar

Este local serve para largar comentários, daqueles, dos inteligentes e com sentido...todos os outros, que consideremos que não cumprem esses critérios, serão eliminados prontamente. Mais...anónimos amigos por favor identifiquem-se, já basta não conhecermos a cara...pelo menos o nome/nick.
Desde já o nosso agradecimento, voltem sempre!

Ah! E a pedido da nossa estimada leitora Van, passamos a avisar que a leitura deste blogue engorda!